Incubadora de Empresa – FAQ

Quem pode se inscrever?

Pessoas com idéias de negócios inovadores e que precisem de orientação sobre gestão, para potencializar seu negócio. O período de incubação é de até 36 meses na modalidade não residente.

Que tipo de empreendimento pode ser incubado?

Idéias de negócios que estejam voltadas para o desenvolvimento econômico e social da região e que se enquadrem nas seguintes áreas: tecnologia de informação, tecnologias sociais e serviços.

Quais os critérios de seleção dos projetos inscritos?

* Grau de inovação: propostas com objetivo de desenvolvimento de produtos, de processos ou serviços com conteúdo inovador, fomentando o desenvolvimento turístico ou tecnológico;
* Viabilidade mercadológica do empreendimento;
* Potencial do impacto do projeto na economia local ou regional;
* Viabilidade técnica dos candidatos;
* Grau de comprometimento e disponibilidade dos candidatos no desenvolvimento do projeto;
* Motivação para empreender;
* Relações com a cadeia produtiva;
* Conhecimento de processo.

Como participar?

Para participar, o candidato deverá ler o Edital de Chamada de Projetos, disponível na Associação Empresarial Itapema -ACITA. Após este primeiro passo, é preciso elaborar o seu projeto, respondendo ao formulário de inscrição de proposta, disponível no edital. Neste projeto inicial o candidato deve oferecer informação sobre qual tipo de empreendimento proposto, qual seu público-alvo, os recursos necessários para desenvolver o projeto e outras informações ligadas à sua idéia empreendedora. Após esta etapa, haverá um processo de seleção dos projetos que farão parte da Incubacita.

Qual o apoio oferecido?

* Escritório para suporte das ações coletivas e individuais a desenvolver via incubadora, disponibilizando Internet acesso wireless;
* Linha telefônica tarifada para controle de ligações;
* Infra-estrutura compartilhada: sala de reuniões, mini-auditório equipado com recurso audiovisual, biblioteca, copa/cozinha e recepção;
* Consultoria orientada nas etapas de abertura da empresa bem como seu monitoramento durante o período de incubação;
* Possibilidade de compra conjunta dos materiais de consumo de uso comum entre as empresas incubadas;
* (*)Consultoria na elaboração de projetos para captação de recursos junto às agências de fomento, quando se tratar de projetos voltados para apoiar incubadoras e empresas incubadas e se enquadrar nos objetivos da empresa;
* (*)Cursos, palestras, workshops e consultorias especializadas sobre legislação, contabilidade, comercialização, gestão empresarial e transferência tecnológica e temas correlatos à atividade empreendedora;
* Interface com as Universidades parceiras para integração com pesquisadores e acesso a laboratórios quando necessário.
Este item fica condicionado à disponibilidade de pesquisadores e laboratórios.
* Interface com as instituições científicas e tecnológicas, a exemplo de faculdades e universidades, centros de ensino para formação de parcerias estratégicas;
* Orientação no registro de propriedade intelectual.
(*) Apoio condicionado à disponibilidade financeira da incubadora.